Graças à mobilização popular, o Projeto de Lei do auxílio para dependentes de profissionais de saúde que morreram na linha de frente de combate ao Coronavírus foi aprovado no Congresso Nacional!




O auxílio para saúde vai virar realidade!

Nossa mobilização pelo projeto que garante uma indenização para os dependentes de profissionais de saúde mortos por coronavírus deu certo: depois de muita pressão, conseguimos derrubar o veto do presidente ao projeto no Congresso! Essa é uma vitória gigante da mobilização! Nossa campanha começou há um ano, em março de 2020. De lá pra cá, reunimos mais de 160 mil assinaturas em apoio ao projeto, enviamos mais de 90 mil e-mails de pressão enviados aos parlamentares e fizemos mil ligações para os gabinetes dos senadores.

Finalmente, conseguimos derrubar o veto ao projeto e fazer com que saia do papel a indenização para os dependentes dos profissionais de saúde e auxiliares mortos no combate ao Covid-19! O Brasil lidera o ranking mundial de profissionais de saúde mortos pelo coronavírus, somando mais de 900 óbitos. Estes profissionais estão se colocando na linha de frente do combate ao coronavírus para proteger a nós e aos nossos familiares. Não podíamos deixar seus dependentes desamparados em caso de falecimento e, por isso, fizemos a campanha do #AuxílioParaSaúde.

Para receber chamados de outras campanhas por um Brasil que minimize os impactos da Covid-19, inscreva-se no Whatsapp do NOSSAS.






Dependentes de profissionais de saúde (veja aqui as categorias) e auxiliares de serviços gerais de unidades de saúde mortos por Covid-19 no combate à pandemia.



R$ 50mil reais por família + R$10mil reais por ano que faltar até os dependentes completarem 21 anos.



Segundo estudo feito pela Consultoria de Orçamento e Fiscalização Financeira da Câmara dos Deputados, o projeto tem impacto fiscal total, dependendo da duração esperada da atual pandemia de Covid-19, de R$ 155 milhões (para 12 meses de duração), a R$ 380 milhões (para 24 meses de duração).




A campanha pela aprovação do auxílio para saúde começou em março de 2020 e teve sua vitória final em março de 2021. Ao longo de um ano, pressionamos os parlamentares a aprovarem o projeto em cada etapa de votação. A vitória é de todas e todos que se mobilizaram em apoio aos familiares dos profissionais de saúde que perderam a vida no combate ao Covid-19.








Quem assina esta campanha